• zuzfisiopilates

Lesão medular


A medula espinhal faz parte do Sistema Nervoso Central (SNC), servindo de conexão entre o cérebro e o restante do nosso corpo. Localiza-se dentro da coluna vertebral, levando o comando do cérebro para os músculos e também para órgãos, exercendo assim o controle de funções vitais como respiração, circulação sanguínea, digestão, excreção e reprodução, além da homeostase (manutenção da temperatura, pressão etc). A medula também recebe informações sensitivas como tato, calor e dor e envia para o cérebro, que faz o processamento destes dados.

A lesão medular é qualquer afecção da medula, que pode levar a danos neurológicos, reversíveis ou não, como perda ou diminuição da função motora, alterações da sensibilidade e complicações da função das vísceras.

As principais causas de lesão medular são:

- traumáticas:

acidente automobilístico;

ferimento por arma de fogo (FAF);

ferimento por arma branca (FAB);

mergulho em águas rasas;

quedas.

- não traumáticas:

tumores;

processos infecciosos;

malformações congênitas;

processos degenerativos e/ou compressivos.

O nível da lesão determina a gravidade da mesma, pois quanto mais alta for a lesão, maiores serão as consequências (perde-se função de membros e órgãos sempre abaixo do nível da lesão). Quando a lesão ocorre no nível cervical, perde-se a função dos quatro membros, e denomina-se tetraplegia. Se for acima da vértebra C4, também ocorre disfunção da musculatura respiratória, e o paciente terá dificuldades em respirar, muitas vezes necessitando de aparelhos de ventilação mecânica. Já a paraplegia é a perda de função dos membros inferiores, que ocorre em lesões torácicas e lombares.

A lesão também pode ser classificada como completa - quando há perda da função motora e sensitiva - ou incompleta - quando a sensibilidade é preservada, mas os movimentos são perdidos.

Após qualquer lesão medular, deve-se realizar uma avaliação pormenorizada a fim de detectar todas as disfunções e ainda as funções potenciais e remanescentes do paciente. Desta forma, é possível um programa de reabilitação personalizado, com equipe multidisciplinar, visando a restauração de determinadas funções, e a adaptação relativa às funções perdidas.

Saiba mais sobre reabilitação neurológica

#lesãomedular #tetraplegia #paraplegia #neurologia #distúrbiossensitivos #distúrbiosmotores #fisioterapia #reabilitação #coluna

95 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo