• zuzfisiopilates

Pilates na Depressão


No mundo em que vivemos e com a nossa rotina de vida tão corrida, sem tempo para nada, a depressão parece estar cada vez mais presente no nosso dia-a-dia. E a tendência é que a situação se agrave. A Organização Mundial da Saúde estima que a depressão será o segundo pior problema de saúde global em 2020, causando mais danos que doenças cardíacas, artrite e alguns tipos de câncer em nenos de uma década.

A doença, que antes costumava ser típica da meia-idade, ataca hoje a maioria das pessoas pela primeira vez por volta dos 25 anos e um número grande de indivíduos sofre seus primeiros efeitos na adolescência.

Um outro dado assustador é que a depressão tende a retornar. Se você esteve deprimido uma vez, as chances de recaída são de 50%, ainda que você tenha se recuperado de forma plena.

Algumas décadas atrás, acreditava-se que os pensamentos conseguiam mudar nosso estado de espírito e nossas emoções, mas a partir dos anos 1980 descobriu-se que o contrário também pode acontecer. Mas não são apenas pensamentos e estado de ânimo que se alimentam mutuamente e destroem o bem-estar. O corpo também se envolve nesse processo, já que a mente não existe de forma isolada, sendo uma parte fundamental do corpo.


Pesquisas recentes mostram que nossa perspectiva de vida pode ser alterada por mínimas mudanças corporais. Algumas delas verificaram que pessoas deprimidas andam com a postura mais curvada, inclinada pra frente. Porém, esta é uma via de mão dupla, sendo possível alterar nosso estado de espírito através de uma mudança postural.

A prática de atividade física é altamente recomendada no tratamento da depressão, já que promove a liberação de dopamina e endorfina, substâncias relacionadas à melhora do humor.

O Pilates é uma das atividades físicas mais recomendadas nesses casos, por tratar o indivíduo como um todo, tanto corporalmente quanto mentalmente. Alguns dos benefícios podem ser vistos a seguir:

- O movimento consciente e a concentração que o método pede, ajuda a trazer a pessoa para momento presente, afastando os pensamentos e sentimentos negativos;

- A respiração, tão trabalhada no Pilates, também é capaz de alterar nosso estado emocional, como mostram diversos estudos;

- A mudança corporal, visível aos olhos do paciente, assim como a evolução nos exercícios, aumenta a sua autoestima;

- Como dito anteriormente, a melhora da postura causada pela prática do método é capaz de mudar positivamente o estado emocional.

#Pilates #depresão #bemestar #saúde #atividadefísica #qualidadedevida

27 visualizações
Siga-nos
  • facebook-square
  • Black Instagram Icon
Endereço

Rua Tupi, 397, cj. 93 - Santa Cecília

São Paulo, SP 01233-001

zuzfisiopilates@gmail.com

Tel: (11)99793-5328

Mande um whatsapp


 

Encontre-nos