• zuzfisiopilates

TDAH e atividade física: como melhorar os sintomas de déficit de atenção e hiperatividade com exercí


O TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade) é uma disfunção cognitiva e comportamental que, segundo estudos, tem prevalência de 5% entre as crianças de todo o mundo. São características do TDAH: dificuldade de atenção, alta impulsividade e hiperatividade. Pode também vir associado a outras condições como ansiedade, depressão, distúrbios de personalidade, entre outras.

Há no Brasil uma cultura de "medicalização", na qual a administração de remédios é maior do que outros tipos de terapia, e é feita com altas doses de estimulantes e antidepressivos. Portanto, é importante 1) realizar o diagnóstico correto (muitas crianças com dificuldade apenas na escola são diagnosticadas erroneamente como portadoras de TDAH) e 2) pensar em terapias alternativas como o exercício físico.

Do ponto de vista fisiológico existem duas maneiras básicas de pensar o TDAH em relação ao exercício. Uma é sobre os neurotransmissores: o exercício aumenta a concentração de dopamina e norepinefrina, bem como de outros produtos químicos do cérebro que, acredita-se, são condutores da atenção. Sendo assim, a prática de exercício tem efeito positivo semelhante àquele que ocorre ao tomar um estimulante como a Ritalina (e sem efeitos adversos da medicação).

Em segundo lugar, ao longo do tempo, o exercício ajuda a construir o mecanismo para aumentar a quantidade de neurotransmissores no cérebro, bem como seus receptores pós-sinápticos. O exercício regular acaba promovendo o crescimento do sistema.

Para auxiliar na prescrição do exercício físico para pessoas com TDAH, podemos estabelecer alguns facilitadores:

-estabelecer o planejamento do treinamento a curto, médio e longo prazo;

-propor atividades intervaladas e dinâmicas que atraiam o participante e mantenham sua concentração (circuitos lúdicos, com tarefas a cumprir);

-adequar o ambiente físico de forma lógica, para ajudar a organização mental durante o desenvolvimento da sessão;

-propor atividades que aumentem o tempo de concentração, controlem a impulsividade e amenizem a hiperatividade, como exercícios de equilíbrio ou de cooperação entre duas crianças;

-instruir de forma clara e expressiva;

-propor atividades lúdicas que sejam de interesse da criança, para que ela fique motivada a participar. Brincadeiras que já fazem parte do universo infantil podem ser adaptadas com diversos acessórios, assim ficando mais atrativas.

Você pode se interessar por:

Pilates para crianças

Acupuntura e ansiedade

#TDAH #crianças #atividadefísica

Siga-nos
  • facebook-square
  • Black Instagram Icon
Endereço

Rua Tupi, 397, cj. 93 - Santa Cecília

São Paulo, SP 01233-001

zuzfisiopilates@gmail.com

Tel: (11)99793-5328

Mande um whatsapp


 

Encontre-nos