• zuzfisiopilates

Movimentos da pelve durante o trabalho de parto

Anatomicamente, uma das formas de subdividir diferentes "partes" nossa pelve, são os estreitos, denominados: superior, médio e inferior. Durante o trabalho de parto, o bebê passa através desses 3 estreitos até chegar do lado externo do corpo da sua mãe.



Você sabia que através dos movimento corretos é possível facilitar esse processo?


Quando o bebê está no estreito superior, se a gestante girar os joelhos para fora e colocar o bumbum para dentro, é possível aumentar esse espaço, facilitando o encaixe e descida inicial do bebê.


Já quando o bebê está no estreito médio, eonseguimos facilitar a descida realizando movimentos assimétricos com a pelve e os membros inferiores, descarregando o peso ora em uma perna, ora em outra, por exemplo.


E, se tratando do estreito inferior, se a gestante girar os joelhos para dentro e ‘empinar’ o bumbum, consequentemente se aumenta o espaço do respectivo estreito, facilitando mais uma vez a descida final.


Durante o trabalho de parto sempre que possível e confortável para a gestante, deve-se incentivar os movimentos, auxiliando e apoiando a gestante.


Para uma orientação e treino específicos de posturas, movimentos e exercícios para cada momento do trabalho de parto, tanto para a gestante quanto para o acompanhante, consulte uma Fisioterapeuta Pélvica!



Leia também:
O que é Fisioterapia Pélvica? 
Mudanças Fisiológicas da Gestação: como isso afeta a atividade física?
Cuidados e Benefícios do Pilates na Gestação

153 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo