• zuzfisiopilates

Mudanças Fisiológicas da Gestação: como isso afeta a atividade física?

Será que para se exercitar durante a gestação basta reduzir a carga e continuar realizando tudo igual ao que se fazia antes da gestação?


Não é bem assim. Durante a gestação o corpo da mulher passa por intensas modificações no decorrer dos 9 meses, entre elas:


* Os ligamentos e articulações ficam mais ‘frouxos’.

* A circulação fica prejudicada, dificultando o retorno venoso e predispondo inchaços.

* A parede abdominal distende em uma grande amplitude, gerando a diástase.

* A postura tem uma grande alteração por causa da mudança do centro de gravidade e pela sobrecarga do útero e feto, podendo gerar dores diversas e falta de equilíbrio.


Para justamente acompanhar essas mudanças fisiológicas e evitar que tornem-se uma situação patológica e/ou com prejuízos funcionais, a recomendação é que essa mulher se mantenha ativa e bem condicionada durante a gestação.



Porém, é necessário se atentar aos cuidados específicos com os exercícios em relação a essas mudanças, principalmente com os tipos de exercício que NÃO são recomendados, como:


* Não realizar abdominais convencionais, evitando ainda mais sobrecarga do abdômen;

* Evitar exercícios em 4 apoios para gestantes que não conseguem conter o abdômen, ativando corretamente a musculatura;

* Posturas arriscadas, que envolvam bases instáveis;

* Exercícios aéreos, onde pode haver queda;

* Alongamentos em grandes amplitudes, que podem induzir a distensões musculares ou ruptura articular e muscular.

* Alongamentos excessivos, que podem induzir a distensões musculares ou ruptura articular e muscular;

* Cargas excessivas, que geram esforços extremos;

* Saltos de qualquer tipo;

* Exercícios na postura deitada, sem elevação do decúbito, que causem desconforto respiratório na gestante.

Portanto, é muito importante e relevante que a gestante se exercite com supervisão ou consultoria de profissionais especializados, que conheçam e entendam dessas modificações a cada trimestre, para que possa adaptar e realizar a atividade de forma segura.



Leia também:
Cuidados e Benefícios do Pilates na Gestação
Benefícios da drenagem linfática na gestação
Hemorróida: Existe algo que a fisioterapia pélvica possa fazer?
Pilates para gestantes: quais os cuidados e benefícios?

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo