top of page
  • carolrodes

Quatro metas de "ano novo" que podem ser atingidas com o Pilates

Atualizado: 1 de fev.

Com o fim de um ano e chegada de um novo, é natural refletirmos sobre os pontos críticos dos nossos hábitos, e estabelecermos metas que nos aproximem da vida que queremos para nós mesmos. Vamos ver como o Pilates pode te ajudar com algumas delas?


1. Sair do sedentarismo: o Pilates é uma ótima forma de começar a praticar alguma atividade física. Pode ser realizado por pessoas de qualquer idade e independente do nível de atividade física prévia. Os aparelhos e acessórios do Pilates permitem adaptar os exercícios, facilitando-os e ajudando a posicionar o praticante da melhor forma. Assim, mesmo quem nunca se exercitou será capaz de realizar a prática!


Com o treinamento e conforme se avança na prática, os exercícios são readaptados para a nova condição física do aluno. Além disso, o ambiente mais tranquilo e intimista onde geralmente são ministradas as aulas é mais reconfortante para alguém que tem dificuldade ou vergonha de frequentar um ambiente mais cheio, barulhento e agitado como uma academia ou um clube esportivo.


2. Melhorar minha postura: um dos princípios do Pilates é o alinhamento postural. Pra realizar os movimentos de forma adequada e mais eficiente, o instrutor de Pilates realiza correções da postura e do movimento ao longo da aula. Quando os profissional de Pilates é Fisioterapeuta, por serem profissionais especificamente treinados a avaliar e corrigir alterações posturais, este trabalho é ainda mais otimizado.


3. Tratar minhas dores: muitas pessoas param de realizar atividade física por conta de alguma dor. O Pilates, porém, é um método seguro e eficaz para tratamento de dores em geral e preparo para o retorno a outras modalidades de exercício e esporte, já que pode ser realizado com a orientação e condução de um Fisioterapeuta, com enfoque clínico.


Utilizando de seu conhecimento da Fisioterapia para avaliar e compreender a patologia e mecânica da dor do aluno, o profissional tem como conduzir as práticas de Pilates com exercícios específicos para tratar a causa. Além disso, sabemos atualmente que, na grande maioria dos casos, o repouso não é a melhor forma de tratamento álgico, mas sim o movimento (adequado e supervisionado).


4. Meditar: não, o Pilates não é uma técnica de meditação. Porém, muitas pessoas têm a vontade de meditar, mas não sabem como começar. O Pilates pode ser um caminho de entrada, já que trabalha muito a concentração, consciência corporal, o olhar para dentro e focar no momento presente durante a execução dos movimentos. Tudo isso é auxiliado pela respiração, trabalhada em todos os exercícios do Pilates.



E aí, com qual dessas metas podemos te ajudar?




105 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page