• zuzfisiopilates

Sintomas vestibulares além da vertigem

Já falamos em postagens anteriores sobre as causas e os sintomas da Vestibulopatia Postural Paroxística Benigna (ou VPPB), a causa mais comum de sintomas de vertigem durante atividades físicas, assim como suas consequências para a musculatura e para a postura.


Mas temos também outros sintomas menos óbvios com relação ao equilíbrio que também estão presentes em pessoas que possuem disfunção do sistema vestibular e que podem dar um indicativo da necessidade de procurar uma avaliação especializada! Fica de olho se você tem algum desses!


- Zumbido no ouvido e/ou perda auditiva: processos inflamatórios dentro do ouvido aumentam tensão e aderência dos ligamentos e tecidos que envolvem as estruturas internas, prejudicando o movimento dos ossículos que vibram e transmitem a informação do som para o cérebro, fazendo com que haja perda da audição. Já o zumbido associado pode ocorrer por diminuição do fluxo sanguíneo no local e morte/sofrimento celular local, decorrente da inflamação ou de lesão.


- Enjôo e vômito ao andar de carro ou ler dentro do carro em movimento: para que o cérebro entenda qual a posição e movimentação do nosso corpo em determinado momento, é necessária a comunicação de informações vindas de três locais: labirinto, visão e sensibilidade do corpo. Quando a comunicação entre esses três sistemas não ocorre da forma ideal com o encéfalo, o corpo tem dificuldades de entender como o corpo se encontra no espaço. As informações enviadas para os núcleos vestibulares no encéfalo são alteradas e ativam outros núcleos que geram sintomas de enjôo e vômito como uma forma de proteção do sistema contra estresses internos.


- Hematomas frequentes nas pernas e nos braços por se esbarrar nos móveis: o sistema vestibular junto com o encéfalo, ajuda na percepção do próprio corpo, do ambiente e a relação dos dois entre si. Quando existe uma alteração vestibular, essas percepções ficam modificadas, fazendo com que a programação do movimento com relação ao ambiente seja menos eficaz do que seria normalmente e a pessoa esbarra no que está ao redor dela.


- Dor em lombar ou cervical sem causa aparente: disfunções vestibulares podem gerar padrões de tensão muscular no corpo, afetando também a postura do indivíduo, e que levam a dores localizadas sem sinal de lesão local que explique os sintomas.


- Visão duplicada e alteração dos movimentos oculares: quando associada à presença também de outros sintomas como vertigem, zumbido e enjôo, pode indicar que a musculatura do olho foi afetada junto com a função do ouvido. Os nervos dos olhos e dos ouvidos são muito próximos dentro da cabeça, além de a visão ser essencial para auxiliar na manutenção do equilíbrio, por isso quando há aparecimento de visão dupla em alguns movimentos de olho/alguns ângulos de visão específicos em alguém que também está apresentando outros dos sintomas, é um sinal de que há necessidade de se avaliar a função e a integridade do ouvido.


Por fim, a reabilitação vestibular é feita com exercícios que estimulam a função dos componentes prejudicados, fazendo com que haja diminuição total ou parcial desses sintomas apresentados!


Se você percebe algum desses sintomas, faça uma avaliação com um profissional habilitado!



Leia mais sobre Reabilitação Vestibular aqui!
Vertigem e enjôo... O que é isso?
Controle Postural - como funciona?
Fisioterapia/Reabilitação Vestibular 

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo