• zuzfisiopilates

Ventosaterapia - indicações e contraindicações

Você já conhece ou já ouviu falar na Ventosaterapia?


A Ventosaterapia é uma técnica da Medicina Tradicional Chinesa que utiliza a sucção do vácuo criado na região para os efeitos terapêuticos. Ela ficou especialmente popular devido ao uso por parte de muitos atletas.


Possibilidades de uso:


Pode ser utilizada para fins tanto locais, como tensão muscular e contraturas, quanto sistêmicas, como ansiedade, problemas respiratórios, e fadiga.


O uso mais popular é direcionado para o efeitos locais, em que a ventosa contribui para o relaxamento muscular estimulando o fluxo sanguíneo e sedando o sistema nervoso.


Principais indicações:


- Celulites e estrias;

- Drenagem e redução de edema;

- Dores e tensões musculares, contaturas e rigidez muscular;

- Bronquite, asma e congestão;

- Problemas de digestão;

- Enxaqueca;

- Aumento da circulação sanguínea local;

- Ansiedade, estresse, relaxar e acalmar a mente através do relaxamento do corpo.


Mas, tão importante quanto saber quando aplicar, é saber justamente quando NÃO realizar a aplicação das ventosas!


Contraindicações:


- Alterações na pele do local, como micoses, psoríase, dermatites em geral, feridas e cortes;

- Trombose, tromboflebite ou distúrbios hemorrágicos;

- Varizes no local;

- Febre;

- Fratura no local.


Se você já sentiu alguma dessas queixas, experimente uma sessão!



Leia também:
Ventosaterapia - o tratamento do Michael Phelps
Entendendo a Acupuntura, Energia e Meridianos
Problemas respiratórios? Acupuntura trata!
Moxabustão - acupuntura sem agulhas
Auriculoterapia como complementar no manejo da dor

33 visualizações0 comentário